Projecto de Internacionalização

Designação do projeto: Diversificação de mercados geográficos internacionais, com nova oferta, posicionando a WebDisplay num patamar acima em inteligência sobre os dados de negócio empresariais

Código do projeto: LISBOA-02-0752-FEDER-042072

Objetivo Principal: Reforçar a competitividade das PME

Região de intervenção: Lisboa

Entidade beneficiária: WEBDISPLAY – CONSULTING, LDA

Data de aprovação: 12-02-2019

Data de início: 28-04-2019

Data de conclusão: 27-04-2021

Custo total elegível: 239.822,50 € (duzentos e trinta e nove mil, oitocentos e vinte e dois euros e cinquenta cêntimos)

Apoio Financeiro da União Europeia:
• FEDER – 95.929,00 € (noventa e cinco mil e novecentos e vinte e nove euros)

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:
• Volume de Negócios total – alcançar um volume de negócios de 1,5 milhões de euros no final de 2022;

Volume de Negócios Internacional – represente, pelo menos, 529 mil euros em 2022, ou seja, um peso de 35% de volume de negócios internacional nesse ano;

Diversificação Mercados Internacionais – obter vendas internacionais até 2022, em pelo menos 6 mercados internacionais alvo de investimento pela WebDisplay: Reino Unido, Suécia, Finlândia, Bélgica, Holanda e Espanha;

Diversificação dos Setores de Internacionalização – garantir vendas internacionais para, pelo menos, 4 setores diferentes até 2022, fazendo com que os Telcos não representem mais do que 65% das vendas internacionais;

Peso das áreas de negócios – conseguir que a área da Inteligência Operacional (Big Data) tenha pelo menos um peso superior à da Integração Aplicacional em 2022, sendo desejável que fosse de 70%;

Equipa Comercial e Marketing Internacional – constituir, no limite até meados de 2019, um departamento Comercial e Marketing Internacional, com, pelo menos, dois novos RH dedicados a estas funções nos mercados-alvo externos;

I&D – reforçar a equipa com mais novos RHs e intensificar a atividade de I&D interna, de modo a continuar a desenvolver produtos próprios, a um ritmo de pelo menos um a cada biénio, até final de 2022;

Intensidade das exportações no pós-projeto: 35,27%.